A gravidez de Nuno Crato

Aventar

Nove meses. Nove meses teve Nuno Crato, o campeão do rigor e da exigência no ensino, o professor universitário, para resolver um dilema que lhe deveria ter tomado uma noite.

Nuno Crato soube, como todos nós, em Junho/Julho, que tinha um colega no governo com uma licenciatura aldrabada, vigarizada, comprada em troco seja de favores, mesuras ou simples solidariedade de loja maçónica.

Vamos lá deixar-nos de tretas: o currículo de Miguel Relvas é tão mau que só pelas notas do propedêutico (em exames que por acaso também fiz e que foram os últimos a sério que ele pelos vistos fez) demonstrava no mínimo uma ignorância de caixão à cova. Equivalências a quem tinha notas destas nem nas mais anedóticas Novas Oportunidades.

Um Nuno que ainda fosse Crato, dizia ao primeiro-ministro: ou ele, ou eu.

View original post mais 56 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s